Juiz Internacional de Tiro Esportivo, completando agora em janeiro, 40 anos de atividade.

Minha foto

Sou uma pessoa de facil relacionamento, tenho facilidade de trabalhar em grupo, sou otimista e gosto de festas.

sábado, 22 de setembro de 2012

Novas Regras da ISSF nos Eventos de Tiro ao Prato para 2013


O Conselho Administrativo aprovou as mudanças nas regras da ISSF para 2013-2016 que estão listadas neste sumário.

Regras Técnicas Gerais (aplicadas a todas as disciplinas)

·         Painéis das áreas de tiro – Somando-se aos Painéis Principais, cada área de qualificação deve ter um painel para disponibilizar as Listas de Partida e os Resultados Preliminares.

·         Serviço de Internet – áreas utilizadas para campeonatos da ISSF exige-se que se tenha serviço de internet para que possam ser transmitidos entradas, resultados e dados de TV da ISSF.

·         Código de vestimenta – de acordo com o Código de Vestimenta da ISSF exigido na regra.

·         Tiras Kinésio ou Médicas – proibido por regra

·         Reteste de vestimenta de tiro – Será cobrada uma taxa de 20 euros quando o Controle de Equipamento tiver que reavaliar as vestes de tiro que estiveram inadequadas no primeiro teste em um Campeonato e que deva ser alterada e reavaliada antes que possa ser usada.


Regras para Prato
 

·         Distância de lançamento dos pratos no Skeet – a distância que os pratos no Skeet deve percorrer está aumentada em 2 metros a partir dos 66.00 m +/- 1.00 m para 68.00 m +/- 1.00 m.

·         Curso dos tiro no Skeet – Possíveis mudanças na ordem em que se atiram os postos do Skeet ainda estão sob consideração e serão decididas em breve.

·         Fossa Double – O curso de tiro será aleatório para os esquemas A, B e C em cada rodada em substituição ao modelo atual. Os esquemas serão aleatórios, mas durante cada rodada de 15 pares, cada atleta terá o mesmo número de pares de cada esquema em cada posto. O evento completo consiste de 5 rodadas de 30  pratos e um total de 150 pratos. O atraso está eliminado.

·         Proteção dos olhos – Competidores e oficiais no campo de tiro de Skeet estão orientados a usarem proteção ocular.

·         Treinador – Nenhuma orientação verbal é permitida durante as competições de prato somente.

·         Plate Shots – Devido a questões ambientais, bagos de chumbo revestidos serão proibidos a partir de 1 de janeiro de 2014.

·         Barreiras visuais laterais – Como medida de proteção adicional, antolhos apenas para tiro ao prato podem medir mais de 60mm de comprimento.


Novas regras para finais
 

O Conselho de administração da ISSF aprovou muitas mudanças em suas regras para Finais em eventos Olímpicos para entrar em vigor em 2013. As regras para essas finais foram redigidas e serão apresentadas ao Conselho de administração para aprovação na sua reunião de novembro de 2012. Desde que os formatos de competição para as novas Finais foram aprovados, no entanto, este "Resumo" também fornece informações sobre o final de 2013.
 

Razões para mudanças das Finais de Tiro
 

·         Todos os esportes olímpicos de hoje devem se tornar mais dinâmicos, atrair mais fãs, envolver o público com mais drama e promover um grande show para os jovens, espectadores, televisão e mídia.

·         As Finais de Tiro atuais iniciaram em 1986; elas representaram um grande passo naquele tempo, mas 26 anos de experiência têm demonstrado que muitas melhorias são possíveis.

·         Nos últimos 3 anos, muitas propostas e idéias para as novas Finais foram desenvolvidas e testadas por Seções do Comitê da ISSF, bem como os Comitês Técnicos, e Atletas e de Treinadores. O melhor destas idéias estão agora nas novas Finais.

·         As idéias que provaram ter mais sucesso nos testes da ISSF, tanto como para outros esportes, ou que foram recomendadas pela televisão e conhecedores de mídia estão começando com todos os atletas que se qualificaram para a Final a partir do zero, usando eliminação para criar mais dramaticidade para as finais, sendo decididas as medalhas com disputas entre duas pessoas e usando um meio de contagem em que os espectadores possam reagir imediatamente.
 

Princípios das novas finais

·         Qualificação – A condução das qualificação no tiro e as regras se mantém as mesmas de hoje. A razão da qualificação é que os 8 melhores avancem para as Finais.

·         Início do Zero – A pontuação da qualificação não é mais levada a frente. No tiro tinha-se dificuldades em explicar por que alguns atletas em sua fase final começam com vantagens.

·         Mais tiros nas Finais – Sendo que as novas Finais de Tiro começarão do zero, o número de disparos nas Finais aumentou para assegurar que elas sejam um verdadeiro teste de habilidade.

·         Eliminações dos menores finalistas ranqueados – Depois de disparar uma primeira série de tiros, os finalistas de ranking mais baixo são progressivamente eliminados até que dois atletas continuam a lutar pela medalha de ouro.

·         Variação para eventos diferentes – Nem todos os eventos de tiro se utilizam do mesmo formato de Finais; grupos diferentes de disciplinas ou eventos não são os mesmos. As maneiras mais dramáticas para apresentar cada evento foram procuradas. Finais de espingarda usam estágios de quartas de final e Semifinal para identificar os atletas que vão competir para as medalha de bronze e ouro em disputa, enquanto outros eventos usam uma série de eliminações para chegar a disputa da medalha de ouro.
 

Formato de competição para as novas Finais
 

·         Fossa e Fossa Duble – Oito qualificados nas qualificatórias avançam e são divididos em dois grupos de quatro para competirem em duas quartas de final. Cada série de competição (quartas, semifinais e disputas das medalhas) consiste de 15 pratos ou 15 tiros de duble nos postos 2, 3 e 4 com o esquema de lançamento dos pratos (2 esquerda, 1 centro, 2 direita em cada posto) que garanta uma distribuição igual dos pratos. Os dois melhores em cada quarta de final avançam para a semifinal. Após a semifinal os atiradores em terceiro e quarto lugares avançam para a disputa da medalha de bronze e o primeiro e segundo lugares atiram para as medalhas de ouro e de prata.
 

·         Skeet – Oito qualificados avançam da qualificatória e são divididos em dois grupos de quatro competidores em duas quartas de final. Cada série de competição (quartas, semifinais e disputas das medalhas) consiste de um duble regular e um duble invertido nos postos 3, 4, 5 e 4 (quatro pratos em cada um) em um total de 16 pratos. Os dois melhores em cada quarta avançam para a semifinal. Os atiradores em terceiro e quarto lugares na semifinal avançam para a disputa da medalha de bronze e o primeiro e segundo lugares atiram para as medalhas de ouro e de prata.

Tradução: Luciano Parreira Alves 
Fonte de consulta - Website da ISSF
Postar um comentário